lente Archives - ZEISS Vision Care Brasil

Dor de cabeça além da armação

Estudos indicam que, até 2050, cerca de 50% da população poderá estar usando óculos.* Por esse motivo, vemos a tecnologia melhorando a qualidade das lentes e armações ano após ano. Muitas pessoas ainda postergam ao máximo a utilização dos óculos ou escolhem aqueles que não são ideais para suas características físicas. Isso pode causar incômodos na utilização destes no presente e no futuro.

Aqueles que precisam usar óculos e ainda não descobriram podem ter alguns desconfortos, como a dificuldade para enxergar durante à noite e ver imagens duplicadas. Outro problema que provavelmente pode aparecer é a dor de cabeça. Se você perceber algum incômodo, como os citados, pode ser que tenha chegado a hora de procurar o oftalmologista.

Outros transtornos que podem gerar dores de cabeça estão relacionados à escolha de armações não adequadas. O mau-posicionamento da armação dos óculos no rosto pode fazer com que o uso se torne um fardo e cause, consequentemente, incômodos.

A fadiga, ou vista cansada, também pode gerar dores de cabeça. Para prevenir, escolha com cuidado seus óculos e tire as medidas no i.Terminal. Esse equipamento da ZEISS faz a medição do seu rosto, armação e olhos digitalmente, minimizando esses incômodos.

*De acordo com o American Journal of Ophthalmology

 

Janelas para o infinito

Há milênios, a humanidade vem observando as estrelas, tornando este um dos passatempos favoritos da humanidade.  Com o avanço da tecnologia e de ciências como a astronomia, o que antes parecia impossível virou realidade e, aos poucos, o prazer de divagar sob o estrelado céu noturno deixou de ser uma exclusividade de quem vive longe das luzes da cidade para estar ao alcance de todos – dia ou noite.

O começo dessa revolução remonta ao ano de 1913, quando o engenheiro Oskar von Miller, patrono do Deutsches Museum, entrou em contato com a fábrica de lentes alemã Carl Zeiss para dar vida ao sonho do astrônomo Max Wolf, que desejava criar um aparelho que possibilitasse a observação do céu em 3D e em movimento.

Dez anos depois, o Deutsches Museum, em Munique, ganhava o primeiro planetário moderno, o Mark I. Criado pelo engenheiro-chefe da Zeiss, Walther Bauersfeld, e sua equipe, o planetário é um projetor complexo, que utiliza lentes curvas para reproduzir imagens precisas do espaço, incluindo estrelas e planetas em movimento, em grandes salas com cúpulas arredondadas e escuras.

As possibilidades para ensino ou entretenimento são únicas: observar o aspecto do céu em qualquer ponto da Terra, estação do ano e época geológica, ver as trajetórias de planetas e estrelas, acompanhar processos que levam milhões de anos para acontecer em apenas minutos. Quase como navegar em uma espaçonave que viaja também pelo tempo.

Não à toa, a enorme máquina foi capaz de emocionar multidões com projeções do céu estrelado e logo se espalhou para todo o mundo. Nos anos 20 e 30, cidades como Hamburgo, Estocolmo, Milão, Viena e Chicago – a primeira fora da Europa – ganharam seus próprios planetários.

Com o passar do tempo, a Zeiss aperfeiçoou sua tecnologia e foram desenvolvidas novas versões do Mark, além de outros modelos de planetários, como o Universarium.  Hoje, os planetários Zeiss utilizam fibras óticas na projeção das estrelas e, como são digitais, conseguem regular a quantidade de pixels usados em cada uma – o que as torna mais ou menos brilhantes de acordo com a distância, aumentando a sensação de ver o céu em três dimensões.

Além disso, é possível combinar a projeção do planetário com sistemas digitais que incluem gravações, animações, vídeos e outros recursos que podem ser projetados na cúpula, tornando as apresentações ainda mais impressionantes.

Aos poucos, os planetários foram ganhando espaço na vida cotidiana das cidades e o termo passou também a nomear os prédios que abrigam os projetores. Alguns se tornaram verdadeiros orgulhos locais, como o planetário de Hamburgo, na Alemanha.

Inicialmente, o prédio foi projetado para ser uma torre de água, mas exerce a função de planetário desde 1930. A partir de então, resistiu aos bombardeios da Segunda Guerra Mundial e hoje é um dos mais visitados da Europa.  Em 2015, o prédio passou por uma reforma completa e reabriu para o público este ano, mantendo características históricas como a pintura de constelações no teto do loby, porém, renovando completamente a estrutura tecnológica e firmando-se como um dos mais modernos do mundo.

Outro imponente planetário que fez parte de um processo de renovação urbana é o da cidade de Nagoya, no Japão. Conhecido como “Brother Earth”, é o maior planetário do mundo, com uma cúpula com 35 metros de diâmetro e capacidade para 350 assentos.

Ele faz parte do complexo Nagoya City Science Museum, dedicado ao ensino da ciência, e foi inaugurado em 1962, para comemorar o aniversário de 70 anos da cidade. Em 2011, o complexo passou por uma enorme reforma para resistir a terremotos e também se atualizar tecnologicamente. O projeto transformou o prédio em um marco do design e, com a adição de equipamentos como o Universarium IX, máquina da Zeiss ideal para cúpulas de larga escala, o planetário ficou famoso por ser um dos melhores do mundo, atraindo centenas de milhares de turistas anualmente.

No Brasil, a história dos planetários começou com a construção do Planetário Professor Aristóteles Orsini, nos anos 1950 em São Paulo, que continua sendo até hoje o mais famoso do país. Instalado em um edifício projetado por Oscar Niemeyer, também passou por uma grande reforma, foi reaberto em 2016 e atualmente é uma das principais atrações do Parque do Ibirapuera, símbolo da arquitetura modernista no país.

Nos quatro cantos do mundo, os planetários continuam encantando multidões ao apresentar um novo olhar para a ciência, com o apoio da tecnologia. Um lembrete de como é possível aliar tradição e inovação para criar experiências inesquecíveis e acessíveis para todos.

Feitas para você: lentes ZEISS Superb se adaptam perfeitamente ao seu formato de rosto.

Existem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo. E nenhuma delas tem o rosto exatamente igual à outra. As pessoas têm peculiaridades, que as tornam únicas. Um nariz mais alto ou mais largo, orelhas em alturas não-simétricas e olhos com cavidades mais fundas. Pequenos detalhes que fazem toda a diferença para quem usa óculos. Mais que afetar o encaixe da armação no rosto, essas diferenças na anatomia facial também interferem nas distanciais focais entre os olhos e as lentes.

A linha Superb da ZEISS é feita exclusivamente para essas pessoas, levando em consideração as singularidades do formato do rosto e a armação escolhida. A FaceFitTM Technology privilegia o enquadramento que as lentes devem ter na armação, o que permite que os usuários de produtos dessa linha tenham um aumento de até 35% no campo visual e na nitidez das imagens.

A linha ZEISS Superb está disponível para usuários de Visão Simples e Multifocais, garantindo que as suas lentes se adaptem à sua anatomia. Não importa o formato do seu rosto, a ZEISS consegue adaptar as lentes à armação escolhida.

As particularidades da sua fisionomia são calculadas na fabricação das lentes para proporcionar ao usuário uma visão mais ampla e nítida.

Encontre a armação que combine com seu rosto. A ZEISS tem a lente que combina com essa armação.



ZEISS Visão Simples Superb:

A ZEISS Visão Simples Superb privilegia o enquadramento que a lente deve ter na armação, considerando o ajuste ao rosto, proporcionando um aumente de até 35% de nitidez e amplitude no campo visual.
Galeria_zeiss_lentes

ZEISS Progressive Precision Superb:

As lentes ZEISS Progressive Precision Superb são feitas de forma customizada, levando em conta a necessidade dos olhos e o formato do rosto. Isso melhora a visão e abre todo potencial da visão em 3D.

Galeria_zeiss_beneficios



  • Melhor visão explorando plenamente a visão 3D
  • Escolha ilimitada de armações
  • Adaptação rápida às lentes, qualquer que seja a armação
  • Visão nítida e sem fadiga para a leitura de imprensa escrita ou consulta de dispositivos digitais para pessoas com mais de 40 anos
  • Foco rápido e boa visão dinâmica durante todo o dia, ideal para os desafios do mundo moderno
  • Lentes finas e leves

Quer saber onde encontrar uma lente ZEISS da linha Superb? Digite seu cep e descubra uma loja próxima de você.

StoreLocator

O prazer de dirigir encontra a segurança das lentes ZEISS DriveSafe.

Cinto de três pontos, Air-bag, freios ABS, painéis inteligentes e alertas de distância. Atualmente, os carros contam com cada vez mais itens de segurança. Mas um dos fatores que mais garante sua proteção ao volante não está no carro, mas no motorista. Sua visão ao dirigir pode ser prejudicada por uma série de fatores: luzes na direção contrária, mudança constante de foco (entre painel, rádio, espelho e estrada) e, principalmente, baixa luminosidade.

Para amenizar estas e outras questões, a ZEISS desenvolveu uma lente específica aos que buscam mais segurança ao volante. As lentes ZEISS DriveSafe são feitas com a tecnologia Luminance DesignTM, que aumenta a visibilidade em condições de chuva ou baixa luminosidade. O tratamento especial ZEISS DriveSafe reduz o incômodo gerado por faróis de carros que vêm na direção contrária.

Galeria_zeiss

1

 

1) Se ajusta à pupila média: o que melhora a visibilidade em condições adversas (como chuva e baixa luminosidade).

 

2

 

2) Tratamento especial que reduz em até 64% o brilho incômodo de luzes (carros que vêm na direção contrária ou iluminação da rua).

 

3

 

3) Ajuste rápido de foco para diferentes distâncias: aumento de até 43%de área de visão em distâncias médias e até 16% em distâncias longas.

As lentes ZEISS DriveSafe também podem ser perfeitamente usadas para o dia a dia de quem usa óculos, carregando a tradição da maior grife no segmento de lentes no mundo. À disposição em Visão Simples e Multifocais,

elas aumentam seu campo de visão e abrem novos horizontes para sua jornada. Quer saber mais? Preparamos uma demonstração para que você veja em detalhes todos os benefícios que uma lente ZEISS DriveSafe pode lhe trazer.

Clique e assista o vídeo: (Vídeo de produto desenvolvido para o lançamento das Lentes ZEISS Drive Safe)

Lentes ZEISS Driveafe Visão Simples:

As lentes ZEISS Visão Simples combinam seis linhas de produto com oito diferentes tecnologias, resultando em um portfólio completo de soluções para o cliente. São produtos que se adaptam ao dia a dia da pessoa: para quem usa óculos para dirigir, fazer esportes ou passa muito tempo em frente ao computador.

visao simples

Lentes ZEISS DriveSafe Visão Simples Individual:

São lentes feitas de forma customizadas às necessidades do usuário, levando em conta o problema nos olhos, formato de rosto e tipo de armação (permitindo a escolha de qualquer uma). Aumentam em até 50% a nitidez e a amplitude visual, sem distorções, mesmo em armações curvadas ou curtas distâncias.

 

visao simples drivesafe

Lentes ZEISS Progressive Drivesafe:

As lentes ZEISS Progressivas são desenvolvidas levando em consideração a fisiologia do usuário e suas necessidades cotidianas. Elas se adaptam mais rápido à mudança de foco e às atividades da pessoa (como dirigir ou passar muito tempo em frente a computadores, tablets e celulares).

Lentes ZEISS Individual Progressive Drivesafe:

Feita sob medida para o usuário, as Lentes ZEISS Drivesafe Progressive Individual oferecem o máximo da personalização. A fabricação leva em conta os problemas de visão, o formato do rosto (pessoas com narizes grandes ou orelhas em alturas não-simétricas) e as atividades diárias da pessoa para criar uma lente feita sob medida.

Mostrar vídeo com tecnologias que fazem parte das Lentes Personalizadas – vídeo 4:
(http://www.zeiss.com.br/vision-care/pt_br/zeiss-products/lentes-progressivas.html#lentes-progressivas–quais-sao-ideais-para-qual-usuario- )
O prazer de dirigir aumenta quando se consegue apreciar a paisagem. Veja abaixo uma galeria especial com as estradas e cidades mais extraordinárias para você aproveitar a sua viagem. Boa viagem!

 

Quer saber onde encontrar uma lente ZEISS, digite seu cep e descubra uma loja próxima de você.

StoreLocator