Saúde Ocular Archives - ZEISS Vision Care Brasil
Criança óculos parede menina Richard Yudi Hida Medicina

O sucesso da saúde ocular infantil em Aracati, Ceará

Os cerca de 73 mil habitantes de Aracati, cidade localizada a 150 km de Fortaleza, podem ter um motivo a mais para se orgulhar. Pesquisadores da KEIO University School Of Medicine de Tóquio se uniram a pesquisadores brasileiros para estudar sobre a saúde ocular das crianças locais. Isso porque apenas 2% delas apresentam incidência de miopia. É o que mostra uma pesquisa conduzida pelo médico Dr. Richard Yudi Hida.

A Escola de Ensino Fundamental e Médio Professor Antônio Monteiro é quem vem recebendo os exames, realizados pelos pesquisadores japoneses e por outros provenientes da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (UNESP). As crianças que participaram do estudo têm entre 5 e 12 anos.

O número de crianças míopes é extremamente baixo se comparado ao país asiático. Por lá, mais de 70% delas vêm apresentando incidências da doença. E ao que parece, tudo pode estar intimamente ligado ao uso de smartphones, tablets e videogames, por exemplo.

Crianças exames Aracati

O médico Dr. Richard Yudi Hida indica que a escolha da cidade foi justamente pelo baixo número de incidência da miopia infantil e pelo fato das crianças aracatienses fazerem pouco uso de aparelhos eletrônicos, ao contrário dos pimpolhos japoneses, onde 40% dos pequenos entre 1 e 9 anos utilizam a internet.

Entretanto, os resultados ainda são inconclusivos. Ainda de acordo com Dr. Richard, a relação entre o uso de eletrônicos e a miopia em crianças ainda é uma hipótese, e não há como dizer que é um fator determinante. Ele também afirmou que a doença costuma estar ligada à genética.

Mulher óculos saúde visual no inverno

Um olhar que vai além do inverno

Baixas temperaturas e clima seco. Essas características são características do inverno, estação compreendida no período entre os meses de junho e setembro. E nossos olhos, por mais que mereçam o devido cuidado a todo instante, precisam de uma atenção ainda maior nesta época. Veja como preservar sua saúde visual no inverno.

Uma das doenças que mais afligem a população durante a estação é a Conjuntivite Viral. Ela consiste na inflamação da conjuntiva, membrana que reveste a superfície interna das pálpebras e recobre a esclera (região branca do olho) e costuma se propagar durante a estação devido ao fato das pessoas permanecerem mais tempo em ambientes fechados, facilitando o contágio. Seus sintomas mais clássicos consistem na vermelhidão dos olhos e inflamação das pálpebras. Compressas sobre a pálpebra e uso de colírios são os métodos de tratamento mais eficazes.

Como são transmitidas por secreção, é recomendável a limpeza das mãos e do rosto sempre que houver entrada/saída em um novo ambiente. Deve evitar-se também coçar os olhos, já que os dedos sujos podem infectar a conjuntiva.

Outra doença bastante comum na estação é a Síndrome do Olho Seco. Devido à baixa umidade, o olho pode ser acometido pela diminuição na produção de lágrimas ou deficiência dos seus componentes. Os principais sintomas são: irritação ocular, ardor, percepção de “sujeira”, coceira e vermelhidão. O tratamento exige o uso de lubrificação sob prescrição médica. Uma boa medida de prevenção da doença é a complementação da alimentação com óleo de linhaça.

Vale ressaltar também que, mesmo em dias nublados, a incidência de raios UVA e UVB também podem prejudicar os olhos. Portanto, fique atento e evite olhar diretamente em direção ao céu e, se possível, faça o uso de óculos de sol adequados.